TENDO UM ENCONTRO COM DEUS

23/04/2017 11:15

No ano em que o rei Uzias morreu, eu vi o Senhor assentado num trono alto e exaltado, e a aba de sua veste enchia o templo. Acima dele estavam serafins; cada um deles tinha seis asas: com duas cobriam o rosto, com duas cobriam os pés, e com duas voavam. E proclamavam uns aos outros: "Santo, santo, santo é o Senhor dos Exércitos, a terra inteira está cheia da sua glória". Ao som das suas vozes os batentes das portas tremeram, e o templo ficou cheio de fumaça. Então gritei: Ai de mim! Estou perdido! Pois sou um homem de lábios impuros e vivo no meio de um povo de lábios impuros; e os meus olhos viram o Rei, o Senhor dos Exércitos! " Então um dos serafins voou até mim trazendo uma brasa viva, que havia tirado do altar com uma tenaz. Com ela tocou a minha boca e disse: "Veja, isto tocou os seus lábios; por isso, a sua culpa será removida, e o seu pecado será perdoado". Então ouvi a voz do Senhor, conclamando: "Quem enviarei? Quem irá por nós? " E eu respondi: "Eis-me aqui. Envia-me! " Isaías 6:1-8

- Ter um encontro com Deus é algo que, para alguns, pode até soar meio estranho visto que aprendemos desde cedo que Deus é Onipresente, ou seja, que Ele está em todos os lugares.

- A Bíblia mesmo diz isto em Provérbios 13:3 que os olhos de Deus estão em toda parte.

- Mas a verdade fundamental é que todos precisamos ter um encontro pessoal com Deus, representado na pessoa de Jesus Cristo para termos uma perspectiva real do que é ser cristão. A Bíblia chama isto de nascer de novo.

"Digo-lhe a verdade: Ninguém pode ver o Reino de Deus, se não nascer de novo". (João 3:3)

- O grande problema do cristianismo sem compromisso que temos nos dias de hoje é exatamente este. Temos igrejas cheias de pessoas que nunca tiveram um encontro com Deus. Igrejas cheias de pessoas vazias.

- Daí decorrem os maus testemunhos no meio do povo de Deus, a falta de compromisso com Cristo (não com a denominação) e as idas e vindas às reuniões de culto sem que de fato a vida mude.

- Pois se você de fato já teve um encontro com Deus, sua vida nunca mais será a mesma.

- Pois Jesus muda a sua vida de dentro para fora.

- Ele nos faz ver a vida e as pessoas sob uma nova perspectiva. Ele deseja fazer-nos ver o mundo sob a perspectiva dEle e não a nossa.

Ilustração: A VERDADEIRA PAZ - Certa vez um rei encomendou a dois famosos pintores um quadro cuja temática fosse a paz. Além de garantir que iria comprar os dois quadros, o rei anunciou que daria um extra para o artista que melhor retratasse a paz. No tempo marcado, eles trouxeram suas pinturas. O primeiro retratava um lago sereno, espelhando altas e pacíficas montanhas à sua volta, encimado por um céu azul com nuvens brancas como algodão. Todos os que viram este quadro acharam que ele era um perfeito retrato da paz. O outro quadro também tinha montanhas. Mas eram escarpadas e calvas. O céu, ameaçador, derramava chuva e relâmpagos. Da encosta da montanha caía uma cachoeira espumante. Não parecia nada pacífica. Mas o rei, experimentado nas artes, olhou com vagar e viu ao lado da cachoeira um pequeno ninho numa fenda da rocha. Mamãe pássaro e seu filhote repousando em segurança. O rei escolheu a segunda. Sabe por que? – Porque paz, explicou o rei, não significa estar num lugar onde não há barulho ou problemas. Paz é um estado de espírito. É a capacidade de estar no meio disso tudo e ainda manter a calma do coração.

Deixo-lhes a paz; a minha paz lhes dou. Não a dou como o mundo a dá. Não se perturbem os seus corações, nem tenham medo. João 14:27

- Muitas pessoas pensam que, tendo um encontro com Cristo, não terão mais problemas e nem dificuldades, sua vida será um mar de rosas e todos os seus problemas terminarão e por isto se frustram, pois vida cristã não é isto, vida cristã é saber que temos o cuidado de Deus, mesmo em meio às dificuldades!

- Agora, deixem-me dizer-lhes algumas coisas acerca de um encontro com Deus:

1ª. Encontrar-se com Deus é algo Pessoal

- Embora saibamos que Deus ama a todo o pecador e que Ele se manifesta em meio aos louvores, nosso encontro com Deus e relacionamento é algo pessoal. Podemos estar aqui no culto, com grande alegria celebrando a presença dEle, mas uns podem estar sentindo o seu toque e outros não estão nem aí. Não são as multidões que nos aproximam de Deus, mas a individualidade.

Mas quando você orar, vá para seu quarto, feche a porta e ore a seu Pai, que está no secreto. Então seu Pai, que vê no secreto, o recompensará. Mateus 6:6

- Quando Jesus chamou os seus discípulos Ele não fez uma grande reunião e disse: agora vamos sortear doze para serem meus seguidores mais íntimos. Não, Ele disse: segue-me!

- E ao convidá-los para que o seguissem Ele deu um propósito novo às suas vidas, que agora passaram a fazer sentido! No caso de Pedro, Ele disse: “eu lhe farei pescador de homens!”.

- Precisamos ter um encontro com Deus para que nossa vida faça sentido! Quem tem um encontro com Ele, não vive mais para si mesmo, mas para um propósito maior

- Qual a razão da sua existência? Para que você vive? Qual o sentido da vida para você?

- Se Pedro não tivesse um encontro com Jesus, ele continuaria sendo um pescador a vida toda!

- Se Mateus não tivesse um encontro com Jesus, ele continuaria cobrando impostos para os romanos!

- Se Isaías não tivesse contemplado a glória de Deus, ele continuaria sendo um simples cidadão judeu que viveu cerca de 800 anos antes de Jesus nascer e nós nunca teríamos ouvido falar nele, mas depois desta experiência Isaías se tornou, sem dúvida, o maior profeta do velho testamento e aquele, cuja intimidade com Deus era a mais marcante a ponto de seu livro ser chamado de “O Evangelho do Velho Testamento”!

 

2º Encontrar-se com Deus traz uma nova perspectiva

- Como disse antes, o cristianismo está tão escandalizado porque as Igrejas estão cheias de pessoas vazias, que nunca tiveram um encontro pessoal com Jesus e/ou o compreenderam de forma errônea.

- Jesus nunca prometeu nada além daquilo que Ele tenha vivido ou experimentado.

- Muitos vêm a Cristo esperando ficar ricas, mas jesus disse: "As raposas têm suas tocas e as aves do céu têm seus ninhos, mas o Filho do homem não tem onde repousar a cabeça". Lucas 9:58

- Porque muitos cristãos antes de nós preferiram morrer na fogueira ou na boca dos leões a negarem a Cristo?

- Porque tiveram experiências reais com Deus e não viviam um cristianismo tuti-fruti. Quando temos um encontro com Ele nossa expressão pode ser a mesma de Paulo: porque para mim o viver é Cristo e o morrer é lucro. Filipenses 1:21

- Ou como Ele disse em Romanos 6:8 - Ora, se morremos com Cristo, cremos que também com ele viveremos.

- O que significa isto: coisas às quais você dava muito valor em outro tempo, agora já não é mais assim.

- A pessoa pensava só em estudar, ter uma profissão, trabalhar e sustentar a sua família.

- Agora ela tem novos planos, novas perspectivas. Sonha em proclamar as boas novas do Evangelho de Cristo a outros povos e nações. Sua velha vidinha já não faz mais sentido e quem teve um Encontro com Cristo encontra um sentido em sua vida e quer dar objetivo a ela.

Diante disto, fica a pergunta: qual o sentido que você quer dar à sua vida? Será que a vida que você tem vivido de fato faz sentido?

- Já preguei aqui várias vezes que sucesso, fama, poder, riquezas, um bom emprego, não vão satisfazer você no final!

- Quantas pessoas ricas e famosas que sabemos ter cometido suicídio. Provérbios 11:7 escreve: Quando morre o ímpio, sua esperança perece; tudo o que ele esperava do seu poder dá em nada.

- Falta-lhes a esperança, contudo, como é feliz aquele cujo auxílio é o Deus de Jacó, cuja esperança está no Senhor, no seu Deus (Sl. 146:5).

- Queridos, se somos cristãos, nosso olhar deve estar posto na eternidade e não nos poucos dias de vida sobre a terra.

- Temos que construir para a eternidade. Produzir fruto para a eternidade.

- Quando encontramos com Deus, esta é a nova perspectiva.

Fui crucificado com Cristo. Assim, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim. A vida que agora vivo no corpo, vivo-a pela fé no filho de Deus, que me amou e se entregou por mim. Gálatas 2:20

- Pra quem você vive? Porque você vive?

- Com que esperança você vive? Há esperança em ti?