Servir ou ser servido

25/07/2015 11:12

Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o agricultor. Todo ramo que, estando em mim, não dá fruto, ele corta; e todo que dá fruto ele poda, para que dê mais fruto ainda. Vocês já estão limpos, pela palavra que lhes tenho falado. Permaneçam em mim, e eu permanecerei em vocês. Nenhum ramo pode dar fruto por si mesmo, se não permanecer na videira. Vocês também não podem dar fruto, se não permanecerem em mim. "Eu sou a videira; vocês são os ramos. Se alguém permanecer em mim e eu nele, esse dá muito fruto; pois sem mim vocês não podem fazer coisa alguma. Se alguém não permanecer em mim, será como o ramo que é jogado fora e seca. Tais ramos são apanhados, lançados ao fogo e queimados. João 15:1-8

Uma frase para que você não esqueça: No Reino de Deus, quem não serve para servir, não serve!

- O que Jesus está usando aqui neste texto de João 15 é uma comparação!

Há alguns pontos aqui a serem considerados, os quais são muito importantes para a Igreja:

1.       Todo o Ramo que não dá fruto Ele corta

O fruto do justo é árvore da vida e o que ganha almas sábio é” (Pv. 11:30)

Não sou eu quem está dizendo, mas a Palavra de Deus: ramo sem fruto Ele (o próprio Deus) corta.

Quando estava meditando nesta mensagem isto veio muito claro à minha mente.

Fomos criados para darmos frutos

E uma vida cristã sem frutificar é uma vida de frustração e sem propósito.

O que é este fruto? Poderíamos até dizer que é o fruto do Espírito, e certamente é importante que todo o cristão manifeste este fruto: “Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio. Contra essas coisas não há lei” Gálatas 5:22-23

Temos por obrigação sermos um exemplo para aqueles que estão ao nosso redor demonstrando amor, sendo alegres, pacíficos e amáveis, dominando a nós mesmos e a nossa língua

Mas o fruto a que Jesus se refere aqui são almas também! Precisamos conduzir pessoas a Cristo!

A principal ordem de Jesus para a sua Igreja é: “Vão e façam discípulos” (Mt. 28:19)

Não existe maior satisfação para um Crente do que conduzir outra pessoa a Cristo.

No entanto nós passamos semanas após semanas, vindo à Igreja e não trazemos ninguém para compartilhar aquilo que recebemos de Cristo, que é a salvação.

Isto faz com que a gente mesmo comece a duvidar de que somos salvos e estudos demonstram que muitas pessoas, crentes, membros de igreja, não tem certeza absoluta acerca de sua salvação.

Tenho certeza que isto se dá por que muito poucos crentes fazem discípulos

Uma verdade relevante de notável distinção nas páginas do Novo Testamento é que Deus não tem filhos que não sejam servos.

Talvez você pense que não é capaz e eu quero te dizer que não é mesmo.

Deus não nos dá uma tarefa equivalente às nossas forças, mas nos dá forças equivalente às suas tarefas!

A obra não é minha, é dEle e ele nos capacitará!

Como Ele nos capacitará?

 

2.       Todo ramo que der fruto, ele poda para que dê mais fruto ainda

Um verdade “bem verdadeira” é que se você não der fruto, provavelmente não sofrerá durante sua vida o processo da poda de Deus.

Somos podados para frutificarmos e isto às vezes pode ser doloroso.

Deus qualifica aqueles a quem chama.

Se você está se preparando para ser podado, então certamente está passando por lutas.

É necessário que partes de você, que te impedem de frutificar, sejam cortadas.

Mas temos esse tesouro em vasos de barro, para mostrar que este poder que a tudo excede provém de Deus, e não de nós. De todos os lados somos pressionados, mas não desanimados; ficamos perplexos, mas não desesperados; somos perseguidos, mas não abandonados; abatidos, mas não destruídos. Trazemos sempre em nosso corpo o morrer de Jesus, para que a vida de Jesus também seja revelada em nosso corpo”. 2 Coríntios 4:7-10

É muito mais importante ser vitorioso na eternidade do que somente nesta terra.

Mas muitos continuam querendo ser vitoriosos só aqui.

É impressionante isto, mas até algumas músicas feitas para louvar a Deus tem ensinado seu povo de maneira equivocada. Olha só uma que ouvi ontem: “Quem te viu passar na prova e não te ajudou, quando ver você na bênção vai se arrepender, vai estar entre a plateia e você no palco e vai ver a mão de Deus agindo em você”.

Pare com isso. No Reino de Deus é sempre um privilégio servir e quem não serve perde a oportunidade de ser abençoado.

Uma mensagem que li diz que há quatro estágios na produção de frutos.

1. Nenhum fruto “Não der frutos”: São os cristãos nominais de muitas expressões religiosas mais nenhum fruto agradável a Deus.

2. Dá fruto: São os que dão frutos mais precisam produzir mais frutos ainda.

3. Mais frutos: São os que fazem várias cousas para o reino de Deus, mais precisam ser  podados para darem mais frutos.

4. Muito fruto: É o estágio de agrado de Deus, este é útil a onde está, e são sempre verdejantes. Estão no ponto para serem usados por Deus. “ Quando damos muito fruto” o Pai é glorificado em nós.

Daniel 12:3 diz que “Aqueles que são sábios reluzirão como o brilho do céu, e aqueles que conduzem muitos à justiça serão como as estrelas, para todo o sempre

Infelizmente, temos na igreja da pós modernidade muitas pessoas que estão aqui para serem servidas ao invés de servirem.

Você foi chamado para dar frutos. Se você se acha incapaz quero repetir uma frase muito dita em meus primeiros dias de vida cristã: “Deus não chama capacitados, Ele capacita os chamados”.

Meus irmãos, tenho muita pena de quem teve que ouvir minha primeira pregação.

Mas não me importei, sempre cri que “Deus é poderoso para fazer infinitamente mais do que pedimos ou pensamos, conforme o poder dEle que opera em nós” (Ef. 3:20)

Lance seus medos, temores, lutas, dificuldades e limitações diante do Senhor e Ele te transformará num capacitado.

Nossa humildade serve-nos falsamente quando nos leva a fugir de qualquer dever. A desculpa de sermos incapazes é totalmente insuficiente para nos desculpar diante de Deus.

Nunca seremos aptos para o serviço de Deus, se não olharmos para além desta vida passageira.

Deus pede somente que você faça o melhor que pode.

Ele não pergunta sobre nossa capacidade ou incapacidade, mas se estamos à disposição.

Você veio para servir ou para ser servido?